http://frameptp.com/promote.php?id=342c2ad952f8cca815527f986f0d9bdf

sábado, 18 de junio de 2016

Acentuação no espanhol

Enfim...na língua espanhola existe acentuação. Mas à diferença da língua portuguesa, no espanhol fica mais fácil individuar e reconhecer as regras.

Começamos:


Oxítonas (esp. =agudas): acentuam-se as palavras que terminam em:

1) vogal. Ex.: café (=café)
2) N. Ex.: razón (=razão)
3) S. Ex.: inglés (=inglês)

Paroxítonas (esp. =graves ou llanas): acentuam-se as palavras que terminam em consoante que não seja N ou S.
Ex.: lápiz (=lápis), fácil (=fácil), azúcar (=açúcar)

Proparoxítonas (esp. =esdrújulas) e super proparoxítonas (esp. =sobresdrújulas).
Ex.: pájaro (=pássaro), últimamente (=ultimamente), cómpramelo (=compra-mo)

Ps: no que diz respeito às super proparoxítonas, preciso se faz esclarecer que, normalmente, em espanhol não trata-se de substantivos tout court: são advérbios (como no segundo exemplo) ou verbos incluindo pronomes + complemento de objeto, que na língua portuguesa seriam enclíticos (como no terceiro exemplo)

Caso do hiato:  acentuam-se as vogais fortes, para separa-las das fracas.
Ex.: día (=dia), todavía (=ainda) 

Todas estas regras atingem os verbos também.
Ex.: verás (=verás), verbo oxítono, haría (=faria), caso de hiato



No hay comentarios.:

Publicar un comentario